Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

"Antigamente os cartazes nas ruas com rostos de criminosos oferecia recompensas, hoje em dia pede votos...
E o pior é que o BRASILEIRO dá...

 

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ)  da câmara dos deputados acaba de aprovar temas da reforminha eleitoral , cinicamente chamada de   r e f o r m a   p o l í t i c a   para serem aplicados nas eleições de 2018, tais como o fim da coligação partidária,  cláusula de barreira para reduzir o número dos partidos nanicos sobrando recursos do fundo partidário para os partidos maiores. Permite o acesso dos recursos públicos do fundo partidário,  horário gratuito . Na tv e no rádio , apenas às legendas  que têm relevancia eleitoral, etc. etc

 

 

É  revoltante o desprezo e a falta de respeito dos  políticos  ao eleitor  que os elegem  negando-lhe a   aprovação do fim do voto obrigatório (nossa maior vergonha eleitoral)   e também a não aprovação  de outros  sistemas  democráticos de votação.

 

Senhores políticos,  o  que o povo reivindica é a  convocação de um plebiscito  para discutir o tema da reforma política por   c o n s t i t u i n t e  e x c l u s i v a.

 

Para que isso aconteça é necessário que a Câmara dos Deputados tenha a ombridade de promover o desarquivamento dos PDCS 1,258/2013  e 2.508/2015 . Projetos  em que  8  milhões de assinaturas de eleitores paulistanos continuam reivindicando, a convocação do Plebiscito para que  prossigam  o  debate e aprovação  da tão  sonhada  reforma política por constituinte exclusiva.

 

COMENTÁRIO DO MPMPL

 

Embora em 2013,  8 milhões de assinaturas de eleitores  da capital de  São Paulo reivindicassem,  em praça pública,  a convocação de um PLEBISCITO para discutir o tema da reforma política por CONSTITUINTE EXCLUSIVA, os  dois projetos de decreto, PDCs 1.258/2013 e 1.508/2014 que tratam desse importante assunto  continuam arquivados na Cámara  dos Deputados. O povo, a sociedade, reivindica, portanto,  o desarquivamento desses dois decretos para que se  dê continuidade  à  tramitação do que  a sociedade pleiteia, estribada em seus direitos constitucionais.

 

JUIZ DE FORA- MG - JOSÉ LOPES FILHO- CIDADÃO C/ 100  ANOS DE IDADE - FUNDADOR DO MOVIMENTO POPULAR PRÓ-MORALIZAÇÃO NO PODER LEGISLATIVO- MPMPL- ENTRE EM NOSSO SITE  www.mpmpl.org e-mail- contato@mpmpl.org

 

 

Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29